Vinho que Combina com Massar

Vinho que combina com massa

Você sabe como escolher vinho que combina com massa? Esse é um prato italiano que é um dos preferidos de quem gosta de fazer harmonização com vinho.

No entanto, é muito comum que as pessoas escolham os tipos de vinho errados para molho. Com isso, o seu paladar não fica aguçado e a experiência pode não ser tão saborosa.

As massas como já mencionamos são pratos típicos da culinária italiana, sendo assim, para que você fique expert em harmonização de massas com vinho, seria interessante conhecer também um pouco mais sobre os diversos tipos de massas e suas peculiaridades.

Mas não se preocupe! Para garantir uma refeição perfeita, preparamos esse artigo com todas as dicas que você precisa saber na hora de escolher um vinho que combina com massa.

Assim, na próxima ocasião, você terá um sensorial incrível. Nesse caso, aproveite também e dê uma lida no nosso artigo com dicas de como fazer degustação. Ficou curioso? Então vamos lá!

Veja abaixo nossa seleção de vinhos que combinam com massas:

Vinho que combina com Massa

Molho ao sugo

O famoso molho ao sugo é uma receita preparada à base de tomate. Podemos, inclusive, dizer que ele é o molho mais popular entre quem gosta de massas, já que ele combina com diferentes preparações.

Assim esse sendo um molho original da Itália, harmoniza muito bem com vinhos criados nessa região.

Como o tomate é um ingrediente bastante ácido, ele pode ser combinado com um vinho tinto de corpo médio. Pois, esse tipo de vinho é conhecido por ter a sua acidez controlada.

Dessa forma, os pratos não ficam com um sabor ácido desagradável. Vale também apostar em vinhos frutados para potencializar o sabor do tomate, ingrediente principal da receita.

Molho à bolonhesa

O molho à bolonhesa também é feito com os tomates, mas o diferencial é que eles levam também carnes vermelhas em sua composição. Por isso, eles são ideais para lasanhas e espaguetes, já que a carne cria uma textura a mais no prato.

Para harmonizar, você pode escolher vinhos tintos com aroma marcante, como é o caso dos vinhos concentrados. Sendo assim,o Terroir Merlot, da Casa Valguda, é um ótimo exemplo de bebida que pode aprimorar a sua refeição.

Lembre-se de sempre escolher vinhos com taninos mais fortes ao preparar o molho à bolonhesa. Assim, o sabor da bebida não é ofuscado pela carne.

Molho branco

Já o molho branco costuma ter uma textura mais cremosa que aqueles feitos à base de tomate. Então,como eles também têm um teor de gordura mais alto, é preciso escolher vinhos que sejam capazes de equilibrar a composição.

Sendo assim, nesse caso, recomendável um dos vinhos brancos preparados com as uvas Chardonnay.

Os vinhos brancos são mais refrescantes que tintos. Por isso, são uma ótima pedida para esse molho que é mais pesado.

Entretanto, se você prefere os vinhos tintos, vale apostar em bebidas com taninos mais suaves, como o Tomero Reserva Pinot Noir.

Molho pesto

O molho pesto também é um dos favoritos das pessoas. Feito com manjericão, pinoli, pecorino e azeite, neste caso nem todos mundo sabe quais são os vinhos que combinam com massas regadas por esse molho.

Afinal, todos os ingredientes têm sabores marcantes.

Logo, aqui seguimos a mesma lógica do molho branco. A melhor opção é combiná-lo com vinhos brancos ou rosés, já que eles são mais leves e refrescantes. Além disso, seu aroma não ofusca o toque de ervas do molho pesto.

Aposte em um saboroso Sauvignon Blanc para não errar na escolha!

Molho com frutos do mar

Os frutos do mar são especiarias que fazem com que qualquer massa deixe de ser um prato tradicional para se tornar uma verdadeira experiência gastronômica.

Portanto, é preciso escolher o vinho certo para que a refeição seja ainda mais sofisticada.

O vinho rosé é, com certeza, a melhor aposta nesse caso. Vinhos frutados e com aromas florais harmonizam muito bem com os frutos do mar, sem tirar o destaque dos ingredientes da composição.

Molho quatro queijos

O clássico molho de quatro queijos faz com que a sua massa tenha sabores únicos e bem marcantes. Logo, ele deve ser equilibrado com vinhos que tenham o sabor tão intenso quanto os queijos e uma leve acidez.

O Syrah é um exemplo de vinho encorpado que vai harmonizar muito bem com esse tipo de molho.

Molho carborana

Feito à base de ovos, queijo e bacon, o carbonara é um molho tradicionalmente servido com o espaguete. Ele tem a sua estrutura bastante encorpada, já que os ovos cozidos são o destaque de sua textura.

Por isso, o vinho escolhido para harmonizar deve ter uma boa estrutura, de preferência com aromas defumados. Esse tipo de aroma é proveniente de barricas de carvalho tostadas.

Para harmonizar, escolha vinhos feitos com a uva Marselan ou um tradicional Tannat para melhorar a sua refeição.

Molho funghi secchi

Por último, não podíamos deixar de citar o molho funghi secchi. Se você gosta de vinhos, provavelmente sabe que os cogumelos são uma ótima aposta para harmonização das suas bebidas favoritas.

Como esse é um dos principais ingredientes da receita, uma boa taça não pode faltar ao lado do prato.

Os cogumelos possuem um sabor muito característico, portanto eles precisam de bebidas cujo aroma seja tão marcante quanto. Um Pinot Noir ou espumante seco como o Sur Lie podem ser a melhor escolha nesse caso.

Viu só como pode ser fácil escolher um vinho que combina com massa? Lembre-se de que você deve considerar tanto o aroma, quanto o sabor do prato e do vinho para garantir uma composição perfeita.

Afinal, você não quer que nenhum dos dois ofusque o gosto do outro, fazendo com que um dos itens se torne facilmente dispensável na refeição.

Seja um expert certificado em vinhos, conheça aqui os melhores cursos online sobre vinho.

Quais são suas massas e vinhos favoritos? Conte-nos sobre as melhores harmonizações no espaço de comentários abaixo! Aproveite também para compartilhar o artigo em todas as suas páginas nas redes sociais.

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *