Vinhos Chilenos

Vinhos chilenos: aqui tem curiosidades pra você

É muito difícil ser um amante dessa bebida e não conhecer os vinhos chilenos. Afinal, a região é conhecida por fabricar algumas das mais deliciosas garrafas ao redor do mundo.

Tanto é que o Chile já se tornou um dos mais importantes produtores na América Latina!

A colonização europeia no país foi um dos fatores que mais contribuíram para a produção de vinhos. Ao longo do tempo, sua qualidade melhorou cada vez mais!

Então, se você quer saber mais sobra a produção de vinhos nas diferentes regiões do Chile, esse é o artigo certo para você! Vamos começar?

Veja em quais regiões são produzidos os vinhos chilenos:

Regiões produtoras de Vinho Chilenos

Aconcágua

Com alta altitude e próximo à Santiago, Aconcágua conta com clima estável e baixas chances de geada. Logo, os vinhos produzidos nesta região costumam ser Cabernet Sauvignon, Syrah e Sauvignon Blanc.

Maipo

Já o Vale Maipo conta com produção de diferentes variedades de uva. É o caso também das uvas citadas acima, mas incluindo ainda a Carménère, Merlot e Chardonnay.

Essa é uma das principais regiões para os vinhos chilenos. As temperaturas são mais altas ao longo do dia, porém as noites costumam ser mais frias.

O seu solo conta com muitas rochas e drenagem livre, o que faz com que as uvas se esforcem mais para conseguir água. Dessa forma, as fabricações da região são menos ácidas e com menos açúcar.

Vale Rapel

Além disso, não podemos deixar de citar também o Vale Rapel. Com tempo seco e temperaturas mais altas que as demais regiões, a maioria dos vinhos produzidos por lá são tintos.

Essas são apenas algumas das principais regiões famosas pela produção do vinho chileno. Agora, vamos falar um pouquinho mais sobre as particularidades das uvas cultivadas no país.

Uvas utilizadas nos vinhos chilenos

Cabernet Sauvignon

Cerca de 38% do total das uvas cultivadas para a produção dos vinhos chilenos é Cabernet Sauvignon. Por isso, esse é um dos grandes destaques dos rótulos do país.

Geralmente, esse tipo de vinho costuma ser mais leve e com taninos mais suaves. É possível ainda entrar toques de frutas negras e diferentes especiarias, como é o caso da pimenta.

Sauvignon Blanc

Já a Sauvignon Blanc é a uva mais utilizada para fabricar vinhos brancos do Chile. Ela é destaque da região de Casablanca e costuma produzir vinhos com toques de limão, pêssego e toranja.

Vale a pena ressaltar ainda o seu estilo maduro e um final de sabor mais prolongado.

Carménère

Carmenere - Vinhos Chilenos

A Carménère está se popularizando cada vez mais como preferência nos vinhos Chilenos. Inicialmente, ela foi confundida com a Merlot. Porém, é importante ressaltar seu sabor de frutas negras e o corpo mais leve e suculento.

Essa é uma das uvas mais valiosas da região e costuma produzir rótulos gastronômicos.

Chardonnay

Ao redor do mundo, a Chardonnay é uma das favoritas dos amantes de vinho. Logo, no Chile isso não poderia ser diferente. As uvas produzidas na região apresentam toques de frutas tropicais, além de notas de abacaxi, pêssego e limão.

Syrah

O clima do Chile é muito favorável ao cultivo da Syrah. Dessa forma, os vinhos chilenos podem apresentar notas de frutas vermelhas e negras, com caráter mais elegante que as demais fabricações.

Pinot Noir

Vinhos Chilenos - uva Pinot Noir

Por último, a Pinot Noir produz vinhos com toques de ameixa, cereja preta e pimenta. Seus aromas florais são um dos grandes destaques das produções, além da baixa concentração de taninos.

Independente de qual é a sua preferência, não há dúvidas de que existem vinhos chilenos que não podem faltar na sua adega. Então, que tal encontrar os seus rótulos favoritos agora mesmo e começar a degustar?

Caso você ainda tenha dúvidas sobre o tema, deixe seu comentário no espaço abaixo. Aproveite também para compartilhar o artigo nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *