Uva Cabernet Sauvignon

Cabernet Sauvignon: A Rainha dos Tintos no Mundo

Procedente da França, hoje a Cabernet Sauvignon é a protagonista dos amantes de vinho no mundo inteiro. Isso porque ela se tornou a uva mais famosa entre a família das tintas.

De Bordeaux para o mundo, vamos saber tudo sobre essa uva tão saborosa e apreciada ao redor do mundo!

Principais Características da Uva Cabernet Sauvignon

Dentre as principais características sensoriais, vale ressaltar a acidez. Afinal, ela costuma ficar em tom médio ou alto, assim como o tanino também fica de médio para alto.

O sensorial das frutas se mantém neste mesmo nível e o álcool pode ser classificado como médio a alto.

Além da França, a uva encontrou outros países ao redor do mundo para se desenvolver. Assim, na Europa, o clima ideal encontrado foi na Itália. Já na América do Norte, a uva é desenvolvida pelos Estados Unidos.

Além disso, ela também consegue fácil adaptação em países muito quentes, como a Austrália, e em países frios, como o Chile.

Essa variedade de territórios faz com que cada Cabernet Sauvignon seja diferente. Novos aromas e características são desenvolvidos.  

Tudo isso graças a essa diversidade do clima, cultura e maneiras de cultivo, entretanto, se mantém intacta a sua essência e o prestígio que já é de costume.

Entretanto, quando ela é cultivada em regiões com temperaturas mais altas, os vinhos costumam ser mais concentrados e alcoólicos, com taninos mais macios.

Já na França, a uva se desenvolve em regiões bem mais geladas. Isso faz com que os vinhos apresentem uma estrutura mais encorpada. Assim, os vinhos jovens costumam ser muito tânicos. 

 Cabernet Sauvignon

Mas, se você ainda não sabe o que é Tanino, ou se você deseja entender mais sobre o assunto, temos um artigo inteiro abordando esse tema.

Controversas sobre a origem

Produzida desde o século XVIII, a Cabernet sempre foi muito popular na região de Bordeaux.

No entanto, sua origem ainda é controversa. Após décadas de estudo, foi na década de 90 que diversos pesquisadores identificaram que o DNA dessa uva era resultante de um cruzamento entre a Cabernet Franc e a Sauvignon Blanc, combinação que provavelmente aconteceu no século XVII.

Como já citado anteriormente, a uva se espalhou para diversos cantos do mundo, atingindo grande sucesso assim como na França, país original de cultivo.

No século XX, foi a variedade mais plantada em todo o mundo. Muito se deve ao fato, de que, além da uva ser muito adaptável, ela tem também grande resistência às pragas e adversidades do clima, como excesso de chuva ou secas.  

Regiões produtoras da Uva Cabernet Sauvignon

A região de Bordeaux, na França, é a terra mãe da Cabernet Sauvignon. Desde as primeiras épocas da cultura do vinho até hoje, foram desenvolvidas mais de 30 mil hectares de área de cultivo.

A uva é muito estudada na Califórnia. Afinal, neste estado americano, os registros de cultivo da uva já chegam a 26 mil hectares, ficando atrás apenas de Bordeaux.

Mas, em Paris -1976 aconteceu um evento e então especialistas chegaram a conclusão que a uva produzida na Califórnia era melhor que a de Bordeaux.

Já no estado de Napa (ou Napa Valley), se tornou ponto turístico pelas vinícolas que trabalham com a Cabernet Sauvignon.

Falando dos outros países de produção da uva, logo pensamos na Austrália, o terceiro país produtor da Cabernet Sauvignon. Ela é bastante cultivada no Sul e Oeste deste país.

Já no continente africano, destaca-se a África do Sul, ficando neste país apenas atrás da Chenin Blanc.

No caso da América do Sul, logo pensamos no nosso vizinho: o Chile. Porém, a uva não é a mais cultivada no país e acaba ficando atrás da Carménére.

Afinal, são impressionantes 21 mil hectares de cultivo, com destaque para o Vale do Maipo, que fica bem próxima de Santiago, sua capital.

A cabernet Sauvignon também é produzida no Brasil. Essa é uma das uvas mais cultivadas, mas, disputa a colocação com a Uva Merlot.

Ela se reproduz com extrema facilidade no Morro dos Vinhedos, na Serra Gaúcha. Isso porque o clima ameno do Rio Grande do Sul se iguala aos moldes europeus, facilitando o desenvolvimento da Cabernet Sauvignon.

São tantos lugares legais e bacana para se visitar onde a uva é produzida. Então se você ama e tem vontade de conhecer uma vinícola, já pode começar a programar a sua próxima viagem.

Características dos vinhos produzidos com a uva

Uma das principais diferenças da Cabernet Sauvignon é a espessura de sua casca. Ela costuma ser muito grossa, isso porque a uva é mais resistente às adversidades do clima.

Além disso, a casca grossa é muito rica em taninos, o que pode ou não ser um resultado positivo.

Isso porque o teor alcoólico do tanino é muito alto. Porém, se mal administrado, ele pode deixar a sensação do vinho com um gosto estranho de banana.

No entanto, quando o processo de produção é conduzido de maneira correta, pode-se obter inúmeras vantagens dessa característica.

Um segredo para produzir um ótimo vinho está na hora da colheita da uva. Isso é algo que deve acontecer somente quando ela atinge a plena madurez. Ou seja, apenas quando atingir o auge do seu desenvolvimento.

Uva  Cabernet Sauvignon

Tudo isso porque, neste momento, mesmo com a alta concentração de taninos, eles estarão muito suaves e sem grandes adversidades.

Como esta é uma das uvas mais cultivadas no mundo,  o vinho Cabernet Sauvignon tem uma grande variedade de aromas. Afinal, eles dependem muito da região onde a bebida foi produzida.

De uma forma geral, podemos dizer que as suas principais características remetem a um vinho encorpado, com coloração muito escura e com complexidade de aromas e sabores.

Os sabores podem variar conforme o ocorre o envelhecimento do vinho. Variando de frutas vermelhas, quando ainda novos, para o tabaco, trufa e couro ao final.

A harmonização dos vinhos

Antes de finalizarmos o artigo, vamos falar um pouco sobre como é possível harmonizar vinhos feitos com a Cabernet Sauvignon.

Digamos que uma boa garrafa de vinho pode encontra a sua companhia ideal desde de pratos mais simples aos muito bem elaborados.

Entretanto, na mesma forma que em uma harmonização tem o poder de exaltar as qualidades da bebida e dos alimentos, pode estragar tudo.

Isso ocorre quando não há uma união harmoniosa, assim, os dois poderão ser prejudicados e resultar em uma experiência pouco agradável.

Certamente sabemos que os vinhos desta uva podem ser mais robustos ou delicados. Portanto é essencial avaliar todas as características da bebida na hora de encontrar a bebida perfeita.

Os vinhos mais jovens  conseguem equilibrar muito bem com os pratos mais gordurosos, como a carne de porco e cordeiro.

Outra opção é harmonizar com risoto de cogumelos, finalizado com manteigas de ervas e queijo parmesão.

Os vinhos mais envelhecidos e menos tânicos, por sua vez, oferecem uma excelente harmonização com a maioria das carnes que são assadas. Mas também combinam com os molhos mais gordurosos, como à base de manteiga ou de creme branco.

Entretanto, os rótulos de corpo mais leve, com muito pouco tempo nas barricas, pedem para seu acompanhamento pratos leves, como massas ao molho sugo.

Por fim, falando dos que são mais encorpados, com amadurecimento longo, o ideal é pareá-los com pratos de sabores intensos. Assim ficam bem com nhoque, ragu ou costelas.

Finalizando

Não podemos dizer que a uva Cabernet Sauvignon é considerada a mais importante do mundo.

Mas, é incrível como podemos ver sua acessibilidade em todos os quesitos avaliados: é muito fácil de encontrara-la, harmonizar e muitas vezes possui um valor bem mais acessível.

Então agora, você já conhece um pouco mais da rainha das uvas e duvido muito que não esteja com água na boca! .

Com toda a riqueza e beleza desta uva, sempre podemos encontrar uma garrafa de vinho com muita história para degustar.

Assim, não é de se admirar que a uva Cabernet Sauvignon seja uma das mais tradicionais e respeitadas em todo o mundo.

Se você quiser aprender mais sobre uvas e vinhos, continue seguindo sempre as nossas dicas para manter-se informado das novidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *